[ Fechar ]

14:01 Segunda-feira, 24 de Abril de 2017


Entretenimento - CURIOSIDADES


Primeira cidade inteligente do Brasil será inaugurada ainda este ano


image-1

Ainda este ano, o Brasil dará um importante passo no cenário tecnológico e ambiental, pois será inaugurado a primeira cidade inteligente do país em Croatá, cidade localizada no interior do Ceará. Com o nome Croatá Laguna EcoPark, o complexo será construído dentro dos padrões do programa governamental “Minha Casa, Minha Vida” e abrigará até 21 mil habitantes.

Duas empresas italianas serão responsáveis pelo projeto, a Planeta Idea e a SocialFare, que contam com o apoio do Centro de Empreendedorismo da Universidade de Tel Aviv (em Israel).

De acordo com os responsáveis, a ideia é que a cidade seja apresentada como um modelo referencial para novos municípios, inteiramente preparada para atender às necessidades do seu morador – com áreas de lazer, comércio e serviços públicos.

Ainda de acordo com os seus administradores, Croatá Laguna EcoPark deve ser reconhecida por sua estrutura projetada com tecnologia de ponta. Isto significa dizer que transporte público, áreas de entretenimento, geração de energia, qualidade do ar e até empregabilidade já estão sendo pensadas para serem os mais avançados.

Com o projeto, será o fim das habitações construídas em séries. A viabilidade será estratégica, os corredores mais verdes para que o meio ambiente seja preservado e as ciclovias estarão por toda a cidade, assim como espaço de sobra aos pedestres.

A infraestrutura também contará com tratamento de águas residuais, aproveitamento de águas pluviais, serviço de mobilidade, coleta inteligente de resíduos, energia solar e eólica, monitoramento da qualidade do ar e da água, infraestrutura digital com Wi-fi grátis, redes inteligentes de eletricidades e água, bem como câmeras e sensores, totens interativos e iluminação pública inteligente. Já na questão alimentícia, a cidade será composta por hortas compartilhadas.

O complexo ficará a apenas 55 quilômetros de Fortaleza. Segundo os criadores, a cidade se baseia em quatro pilares: Arquitetura, Tecnologia, Inclusão Social e Meio ambiente.

O residencial terá 150 casas. De acordo com a Planet Smart City, e o valor dos lotes residenciais serão, inicialmente, de R$ 24.300.


Fonte: Engenharia E, por Any Karolyne Gaudino



17 Janeiro, 2017 - as 19:56

Por : Redação Dia a Dia Arapongas


Comentários

[ Fechar ]